Mangá: Annarasumanara

terça-feira, setembro 30, 2014


Quem aqui nunca ficou encantado pelos truques de um mágico? Ou pela aura mágica que parece envolver parques e circos? 
Creio que muito poucas pessoas responderiam não a essa pergunta. 
Esses ambientes e personagens sempre fizeram parte das nossas fantasias, e sua magia sempre consegue nos encantar independente de nossa idade. E esse provavelmente é um dos motivos de Annarasumanara ter se tornado um dos meus mangás favoritos.




Sinopse: Yoon Ah-Ee é uma jovem que mora sozinha com sua irmã pequena e que vive cheia de dificuldades financeiras. Um dia ela escuta um rumor sobre um estranho mágico que fica perambulando em um parque de diversões fechado e que faz mágicas de verdade.
Ao conhecê-lo, Ah-Ee não acredita em sua mágica, mas com o desenvolvimento da obra, as certezas não só da garota, mas também do leitor são transformadas cada vez mais em dúvidas. Annarasumanara é um manhwa bem psicológico e muito interessante que leva o leitor a duvidar de suas próprias crenças.







A  aura mágica e encantadora de Annarasumara nos envolve desde o primeiro capítulo e mesmo sem grandes truques e poderes mágicos a fantasia apresentada em suas páginas é simplesmente fascinante e excitante. 
O traço diferente do autor consegue dar um Q a mais na história, o fato dele colocar elementos coloridos em meio a páginas onde esperamos encontrar apenas imagens preto e branco ajuda a criar esse clima... mágico.
Bom, vocês devem ter notado que eu estou usando bastante as palavras mágico e magia não é? Acontece que simplesmente não consigo encontrar outra forma de descrever essa obra sem ser por meio dessas palavras, pois é simplesmente isso que ela é; mágica. A cada novo capítulo eu ia ficando cada vez mais envolvida com a trama, cada vez mais encantada com seus personagens, cada vez mais fascinada pelo seu traço, cada vez mais envolta em sua magia. 

Os personagens são outro ponto positivo para a história. A Yoon Ah-Ee não é o tipo de protagonista que costumamos ver em mangás, ela é uma personagem muito real e verdadeira, o tipo de personagem que você consegue imaginar conhecer qualquer dia durante sua rotina. Ela é uma personagem forte, pobre e que luta para poder obter uma vida mais digna para si e para a irmã. Ela é o tipo de pessoa que teve que crescer cedo demais na marra para poder sobreviver e isso fez com que ela perdesse uma parte que na minha opinião ninguém deveria perder, sua criança interior.
E é ai que entra o R. R é um homem misterioso que vive vagando por um velho parque abandonado da cidade vestido de mágico. Existem muitos boatos sobre a sua figura, alguns dizem que ele é realmente um mágico de verdade, outros que é apenas um vagabundo lunático. Certo dia ele e Yoon Ah-Ee se conhecem por acidente, mas por algum motivo ele desenvolve certo interesse nela e passa a de certa forma persegui-la com a intenção de lhe ensinar mágica. 
Como é citado diversas vezes por Yoon Ah-Ee, R é um adulto infantil, mesmo com a aparência de um homem ele ainda parece tem a mentalidade de um garoto, e por isso eu não quero dizer que ele seja irritante e mimado como costumamos imaginar pessoas com personalidade infantil, mas sim inocente e encantador como uma criança.
No início ela não gosta lá muito dele justamente por isso, mas conseguimos entender o motivo da sua opinião; ver um adulto agir como criança quando você que supostamente deveria ainda ser uma criança é obrigada a agir como adulta deve ser um tanto irritante.


Outro personagem legal na história é o Il-Deung, colega de classe da Yoon Ah-Ee. Esse carinha aqui.


Vocês provavelmente devem estar pensando a mesma coisa que eu pensei a primeira vez que o vi: "Que raio de pescoço é esse? E cade o queixo desse menino? o.o"
Bom, posso dizer que essa é uma das partes que eu achei mais interessantes do mangá (quando eu finalmente descobri o motivo do autor ter desenhado ele assim).
No início eu não gostava muito dele, mas assim como o R conforme a história vai se desenrolando e você vai descobrindo mais facetas do personagem é impossível não acabar não gostando dele também.

Bom, o que mais posso falar sobre Annarasumanara? Se você de fantasia, daquelas que te fazem sentir como se estivesse conhecendo um novo conto de fadas, você provavelmente vai gostar desse mangá.
Mesmo se você não goste de contos de fadas, mas goste de histórias com um clima leve e ao mesmo tempo sombrio e melancólico, que te envolve e te faz sentir como se esse mundo fosse mais bonito e mágico, você provavelmente vai gostar desse mangá.
Mas principalmente, se você ainda tem algum resquício dentro de você da criança que você foi um dia, que sonhava em ser um bruxo, mágico ou o que quer que seja, se você ainda sente essa criança ai dentro, escondida no fundo da sua alma e assustada com esse novo mundo dos adultos no qual você está entrando; você com certeza vai gostar desse mangá!

Eu sei que vocês também estão

You Might Also Like

0 comentários