Top 5: Viagem no tempo

domingo, março 15, 2015


Para os fãs de ficção cientifica como eu, viagem no tempo provavelmente é um assunto que gera bastante interesse, embora também cause muita confusão.
Paradoxos temporais, consequências de se mexer com o passado, consequências de existir ao mesmo tempo em dois mundos diferentes... Esses são algumas das formas de se abordar esse tema normalmente presente em diversas obras de ficção.
Como fã assumida de ficção cientifica, eu amo demais viagens no tempo, assisto e leio qualquer coisa relacionado ao gênero, não só ficcionais, mas teorias, lendas e etc. Talvez mais adiante possa fazer um outro post sobre isso? Quem sabe...
Mas enfim, nesse post eu resolvi reunir 5 filmes/séries/animes sobre o tema que eu considero os melhores dentre todos os que eu conheço (o que modéstia parte, não é pouco).


5. De volta para o futuro

Um jovem (Michael J. Fox) aciona acidentalmente uma máquina do tempo construída por um cientista (Christopher Lloyd) em um Delorean, retornando aos anos 50. Lá conhece sua mãe (Lea Thompson), antes ainda do casamento com seu pai, que fica apaixonada por ele. Tal paixão põe em risco sua própria existência, pois alteraria todo o futuro, forçando-o a servir de cupido entre seus pais.













De volta para o futuro foi provavelmente um dos primeiros filmes sobre viagem no tempo que eu me lembro de ter assistido, então ele sempre vai ter um lugarzinho especial pra mim. 
Ele mexe com paradoxos temporais bem básicos (o que aconteceria se você voltasse pro passado e fizesse algo que te impedisse de nascer?), mas mesmo assim acabou se tornando um clássico do gênero e quem hoje quando pensa em maquinas do tempo não lembra do famoso carro do Dr.?



4. Efeito Borboleta

Evan (Ashton Kutcher) é um jovem que luta para esquecer fatos de sua infância. Para tanto ele decide realizar uma regressão onde volta também fisicamente ao seu corpo de criança, tendo condições de alterar seu próprio passado. Porém, ao tentar consertar seus antigos problemas ele termina por criar novos, já que toda mudança que realiza gera consequências em seu futuro.











O angustiante Efeito Borboleta trabalha diretamente com a teoria do caos, como um simples acontecimento pode alterar o rumo de diversas vidas. O filme não foca muito na parte técnica da viagem no tempo, que é tratado como um poder hereditário, mas sim nas consequências de se tentar alterar o passado e nisso, na minha opinião, ele trabalha muito bem.


3. 12 Macacos

No ano de 2035, James Cole (Bruce Willis) aceita a missão de voltar ao passado para tentar decifrar um mistério envolvendo um vírus mortal que atacou grande parte da população mundial. Tomado como louco, no passado, ele tenta provar a sua sanidade para a médica Kathryn Railly (Madeleine Stowe), sua única esperança de mudar o futuro.













12 Macacos é um filme de 1995 que aborda viagem no tempo de uma forma muito legal: Focando no lado psicológico do viajante.
Cole volta para o passado e ali é dado como louco, internado com outras pessoas mentalmente insanas, e ele mesmo começa a apresentar alguns surtos. Logo em meio a tantas viagens, tantas realidades, ele mesmo passa a ficar confuso sobre o que é real e o que pode ser criação da sua mente, a certo ponto nem mesmo quem está assistindo se pergunta se existe mesmo viagem no tempo ou se estamos assistindo o que se passa na cabeça de um louco.
Enfim, foi por isso que o filme entrou para minha lista de favoritos, por não só abordar questões técnicas da viagem no tempo, mas também a questão psicológica de quem passa pelo processo.


Esse ano começou a ser transmitida pela SyFy uma série inspirada no filme 12 Monkeys. E pelos primeiros episódios eu posso dizer que embora ela esteja tomando caminhos bem diferentes do longa, vale muito a pena acompanhar.


2. Donnie Darko

Donnie (Jake Gyllenhaal) é um jovem brilhante e excêntrico, que cursa o colegial mas despreza a grande maioria dos seus colegas de escola. Donnie tem visões, em especial de um coelho monstruoso o qual apenas ele consegue ver, que o encorajam a realizar brincadeiras destrutivas e humilhantes com quem o cerca. Até que um dia uma de suas visões o atrai para fora de casa e lhe diz que o mundo acabará dentro de um mês. Donnie inicialmente não acredita na profecia, mas momentos depois um avião cai bem no telhado de sua casa, quase matando-o. É quando ele começa a se perguntar qual o fundo de verdade da sua previsão.






O sombrio Donnie Darko aborda viagem no tempo de uma forma completamente única. Trabalhando com o conceito de loop temporal, múltiplos universos, buracos de minhoca entre outras teorias amarradas em um enredo inteligente que tornou o filme um ícone cult.
Falar sobre Donnie Darko resumidamente é sempre complicado, porque o filme em si já é bastante complexo, mas quando se trata de viagem no tempo complexidade é uma palavra que sempre se faz presente, não?



1. Steins;Gate

Steins;Gate é sobre um grupo de amigos que personalizaram o seu micro-ondas de modo a conseguirem-no tornar num dispositivo que transmite mensagens para o passado. Enquanto eles realizam seus testes e experiências, uma organização chamada SERN que tem vindo a pesquisar sobre as viagens no tempo descobre o que este grupo conseguiu fazer, consequentemente eles tem de encontrar uma maneira para evitar ser capturado por esta organização.












Em Steins;Gate não há nenhuma maquina do tempo futurista ou super poderes, a viagem no tempo ainda não existe no ano em que a história se passa, mas acompanhamos o seu primeiro passo. Quando por acidente uma das experiencias produzidas por um grupo de amigos da certo e uma única mensagem de texto é enviada pra algumas horas no passado, a partir daquele ponto, todo o futuro da humanidade é mudado. As teorias usadas na história não são nenhuma novidade, mas o mais legal para mim é que o anime inclui no seu enredo teorias conspiratórias e curiosidades reais, como por exemplo o John Titor.


Como não encontrei nenhum trailer do anime legendado resolvi deixar esse que foi feito por fãs e ficou muito bom.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Ótimo tema de post! Lógico que senti falta de Doctor Who, mas as suas escolhas foram ótimas, principalmente Donnie Darko.

    Ruh Dias
    perplexidadesilencio.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até fazer esse post eu não tinha assistido Doctor Who, porém logo depois de termina-lo resolvi começar a série e agora me tornei uma viciada HUSAHUSHAUS
      Acho que vou fazer um post especial sobre DW e o meu vício.

      Excluir